"O Lutador", uma nova obra impactante e emocionante.

Após algum tempo afastado da direção, o cultuado diretor Darren Aronofsky, conhecido por trabalhos impactantes como “Pi” (1998), “Réquiem Para um Sonho” (2000) e “Fonte da Vida” (2006), se une ao lendário ator Mickey Rourke, de clássicos como, “Nove e Meia Semanas de Amor” (1986) e “Orquídea Selvagem” (1990), para nos presentear com uma nova obra, impactante e emocionante, que com certeza não será esquecida por muitos.

“O Lutador” (The Wrestler, EUA, 2008), em cartaz nos cinemas nacionais a partir desta sexta-feira, 13 de fevereiro, conta a história de Randy “Carneiro” Robinson (Rourke), um lutador profissional que após vários anos afastado retorna aos ringues independentes, um homem solitário, quem na procura de redenção, tenta se aproximar de uma striper e reconquistar o afeto de sua filha.

Além de Rourke, o filme conta com atuações memoráveis de Marisa Tomei e Evan Rachel Wold, respectivamente nos papeis da striper e da filha de Randy.

Vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza, do BAFTA de Melhor Ator (Rourke) e dois Globos de Ouro nas categorias Ator (Rourke) e Canção Original, o filme tem tudo para levar o Oscar de Melhor Ator desbancando até então o favorito a estatueta Brad Pitt pelo “Curioso Caso de Benjamin Button”, Mickey Rourke está impagável, em uma atuação memorável e realmente digna de diversos prêmios, ele encarna o personagem de tal maneira, que para nós, telespectadores, passa a impressão de que ele está encenando sua própria história.

O filme ainda esta concorrendo ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante (Marisa Tomei).

Trailer do filme:Imagens: Divulgação / Paris Filmes
Texto: Paulo Costa

Comentários

  1. Outro Uauuuu! :)
    Apesar da aparência medonha do Rourke, fiquei interessada no filme... até me emocionei com o trecho "sou um velho pedaço de carne e mereço ficar sozinho... só não quero que me odeie.."
    bjus

    ResponderExcluir

Postar um comentário