“X-men – Origens: Wolverine” chega recheado de ação e revelações

Quarto filme da franquia conta a história de Logan também conhecido como Wolverine, personagem mais carismático da série por sua arrogância, nervosismo, teimosia e violência

Por: Daniel Rezende (Cinepost)

Estréia nesta quinta-feira dia 30, “X-men – Origens: Wolverine” em 520 salas do circuito nacional de cinema. O lançamento mundial da superprodução está marcado para o dia 1 de maio, sexta-feira, mas no Brasil foi antecipada por conta do feriado do dia do trabalho.

Nesse filme, Logan/Wolverine tem sua história, finalmente, desvendada, trazendo ao público uma linha do tempo que conta desde sua infância até os dias de hoje, passando por seu recrutamento para o exercito e o experimento que o transformou na arma X.

“X-men – Origens: Wolverine” tem muitos bons elementos, locações, efeitos especiais, ação, amor, porém, um fato que agrada é a aparição de personagens como o francês Remy LeBeau, o Gambit que sempre fez muito sucesso nos quadrinhos e na primeira série “X-men” em desenhos. Isso remete a um flashback que pode aproximar ainda mais os antigos fãs do gibi ao novo filme.

Apesar da discussão maniqueísta entre bem e mal, mutantes e humanos ou entre o homem que não aceita sua natureza e busca ser diferente, a principal intenção do filme é entreter, por mais que o longa esteja carregado dessas discussões.

O elenco é estrelado por Hugh Jackman (Wolverine), que já havia participado dos outros filmes da série, Liev Schreiber (Dentes-de-Sabre) que participou de produções como “A Profecia” e “Amor nos tempos do cólera”, além de Ryan Reynolds (Deadpool) que atuou em “Numero 9” e “Três vezes amor” entre outros atores.

“X-men – Origens: Wolverine” é dirigido por Gavin Hood e assinam o roteiro David Benioff e Skip Woods.


Trailer do filme:

Imagens: Divulgação / FoxFilm

Comentários