SessãoDiversidade

"Do Começo ao Fim"

Filme que gerou polêmica antes de sua estréia é decepcionante
Por Paulo Costa


Realmente é muito triste quando ao criticar um filme tão esperado temos que falar a verdade, e ao invés de elogia-lo temos que simplesmente expor a verdade.

Infelizmente um dos filmes nacionais, até então, mais polêmico do ano chega a ser decepcionante, "Do Começo ao Fim", em cartaz nos cinemas nacionais, causou uma grande polêmica e até mesmo uma grande expectativa que não nos leva a nada, a não ser um filme vazio.

Uma história que tinha tudo para ser um marco no cinema nacional, ao narrar o amor proibido entre dois meio irmãos, uma história que poderia muito bem quebrar paradigmas e preconceitos existentes na sociedade, se não fosse pelo único fato de que o filme é bobo, para não dizer entediante.

As atuações, lamento dizer, não convencem em nada, Julia Lemertz e Fábio Assunção fazem parte dessa grande decepção, e Aluizio Abranches, diretor do longa, ao tentar criar cenas bonitas e comoventes, acaba por criar cenas desnecessárias, em particular uma cena de nudez que demora demais pra terminar, ao invés de aproveitar para entrar mais a fundo nesse assunto ainda tabu para muitos.

Outro fato em particular, é atraição de um deles com uma garota, até agora estou tentando entender o sentido daquela cena, e onde ela se encaixa no contexto.

Você sai da sala de cinema sentindo-se vazio, e com raiva do que se vê na tela, ao contrário do curta ao qual ele foi baseado, "StarCrossed", "Do Começo ao Fim", é aquele filme estilo novela global, ou seja, final feliz e família perfeita, onde você mesmo se questiona, por qual motivo eu não nasci nessa família, aliás será que exista uma família assim tão perfeita?

Enfim, se ainda restar curiosidade, o ingresso não vale o filme que você verá, a não ser que você paguei meia entrada, o que ainda assim não é tão valido.




Imagens e vídeos: Divulgação

Comentários

Postar um comentário