Cine&Cia. realiza palestra sobre o "Universo Vampiresco"


Para comemorar a chegada do aguardado sucesso "A Saga Crepúsculo: Eclipse" aos cinemas, o Cine&Cia. realizou uma palestra sobre o "Universo Vampiresco" na última terça-feira, 29 de junho, na Saraiva Megastore do Shopping Pátio Higienópolis.
Os presentes ficaram interados sobre o assunto, que seguiu uma linha cronológica desde o início da lenda de Conde Drácula até os dias atuais, a final, nada mais justo do que contar toda a origem destes seres fascinantes e sua evolução na sétima arte partindo do mais famoso e pai de todos os vampiros.

Entre alguns filmes citados estão, "Nosferatu", filme alemão lançado em 1922 que acredita-se até hoje que seja uma adaptação não autorizada do livro "Drácula de Bram Stoker" justamente por conter os mesmos elemento e a estrutura linear idêntica ao livro sofrendo uma única alteração, no longa o Drácula recebia o nome de Conde Orlok.

Passados quase 70 anos, em 1992, o consagrado diretor Francis Ford Coppola reúne um elenco fantástico de atores entre eles Gary Oldman, Anthony Hopkins, Winona Ryder, Monica Belucci e Keanu Reeves, para levar as telas a daptação original de "Drácula de Bram Stoker", fiel á obra, a trama conta a história de Vlad Dracul, que ao voltar de uma batalha encontra sua amada morta, ao fazer um pacto com o mal ele se torna imortal, quando 400 anos mais tarde ele descobre que uma jovem inglesa possa ser a reencarnação da mulher que ele amou, Dracul parte numa jornada para encontra-la, porém em seu encalço está Van Helsing, que pretende para-lo de qualquer maneira.

Em 1994, chegou as telas a também adaptação literária "Entrevista com o Vampiro", opinião particular, por ter sido o primeiro livro e filme que assisti do gênero, é o que mais tem me marcado e se tornado para mim o marco para tanto fascínio por essas criaturas.

"Entrevista com o Vampiro" teve direção de Neil Jordan e roteiro assinado pela própria escritora do livro Anne Rice, o elenco mais uma vez superava qualquer expectativa, entre eles a jovem e ainda desconhecida Kristen Dunst, e um elenco masculino que incluía os maiores ícones sexuais da década de 90 como Christian Slater, Antonio Banderas, Brad Pitt e Tom Cruise como o vampiro Lestat, personagem principal da trama.

Pelo título original "Interview with a Vampire - The Vampire Chronics" acreditava-se que outros livros mais de Anne Rice iria para as telas, porém somente em 2002 foi adaptado "A Rainha dos Condenados" novamente com Lestat como principal, porém desta vez moreno e modernizado, o que resultou em uma triste e pessima adaptação resultando em más criticas e fracasso de bilheteria.

Nesse meio tempo surgiram mais filmes como a trilogia "Blade" (1998, 2002 e 2004) a também trilogia "Anjos da Noite" (2003, 2006 e 2009), "Van Helsing - O Caçador de Monstros" (2004), o terror suéco "Deixa ela Entrar" (2009) algumas sátiras como "Matadores de Vampiras Lésbicas" (2009) e seriados como "Buffy" (1997-2003) que também teve longa, além de "True Blood" e "Vampire's Diaries".

Porém foi em 2007, que chegou aos cinemas a adaptação da HQ revolucinária "30 Dias de Noite" estrelado por Josh Hartnet e Melissa George, o filme mostrava um ataque surpresa de um grupo de vampiros sedentos por sangue na região do Alasca durante a época em que o sol se põe e fica noite durante 30 dias consecutivos, a direção ficou por conta de David Slade, que mal podia imagina que 3 anos mais tarde dirigiria um dos filmes mais aguardados pelo mundo todo "A Saga Crepúsculo: Eclipse". (Ler crítica do filme)

E assim aproveitei para que pudesse ser feito um comentário sobre a série de livros lançada em 2008 pela Editora Intrínseca com o até então desconhecido livro "Crepúsculo" da até então desconhecia Stephenie Meyer, que viraria filme em Novembro do mesmo ano, fazendo explodir o sucesso "A Saga Crepúsculo".

A palestra foi divertidissíma e super dinâmica, podendo exibir trailers dos principais título citados além de exibir imagens de todos os títulos ao decorrer da palestra, além de sortear brindes da série cedidos pelos nossos amigos da Editora Intrínseca e da Paris Filmes.

Esta data será marcada para o Cine&Cia. como mais uma grande realização e um grande avanço.


Obrigado a todos que acreditam no potencial do Cine&Cia.

Meus mais sinceros agradecimentos

Paulo Costa
"Cine&Cia."


Mais Fotos:

Agradecimentos: Paris Filmes e Editora Intrínseca
Imagens e vídeos: Divulgação

Comentários

  1. Caramba, Paulo! Parabéns!!! Estou muito feliz por vc!
    Esse é só o começo de sua jornada de sucesso!
    bjos

    ResponderExcluir

Postar um comentário