Crítica: "Contracorrente"

Santiago e Miguel (Divulgação/Festival Filme)

Longa peruano aclamado pela crítica e ganhador de diversos prêmios internacionais chega aos cinemas do país nesta sexta-feira e conta com ação promocional com a boate The Week (SP e RJ)
Por Paulo Costa


Divulgação/Festival Filmes
Contracorrente (Contracorriente) do peruano Javier Fuentes-León, que chega aos cinemas nesta sexta-feira, 08 de abril, é uma obra obra que merece total atenção por conseguir ser em um único filme algo totalmente peculiar que mistura drama e comédia, medos e superações, sonhos e desilusões, tradições e conflitos em relação ao universo em que se vive sem se perder na trama e desintreter a plateia com total leveza e realidade em seus diálogos, se tornando um grande achado.

Dirigido e roteirizado por Javier, quem também assina a letra de algumas das belíssimas canções do filme, a trama se passa em um vilarejo no litoral peruano, e é nesse cenário que o diretor nos remete a vida de três personagens que formam um triângulo amoroso.

Mariela está prestes a dar a luz a seu primeiro filho com Miguel, pescador do vilarejo. O casal vive o cotidiano dessa pequena comunidade cercada por tradições religiosas e a importância de manter as aparência.

Assim como os demais moradores, o casal também se mostra incomodo com a presença do misterioso forasteiro Santiago, um fotografo que se muda para a vila e passa a registrar em fotos e pinturas o cotidiano desses moradores, porém, ele e Miguel vivem uma história de amor intensa e totalmente secreta, até que algo inesperado acontece.

No meio de tantos conceitos e pré-conceitos, Javier consegue com total sutiliza demonstrar todo esse cotidiano em cenas muito bem filmadas e dirigidas que dão grande destaque a natureza local, e o grande mérito vai para uma cena em especial, onde Miguel e Santiago fazem amor na entrada de uma caverna na praia, uma cena bonita que nos passa todo o sentimentos entre eles somente através de sombras, fugindo de qualquer cena de sexo apelativa que se torna um cliché.

Santiago e Miguel (Divulgação)
E o elenco principal formado pelos atores Cristian Mercado (Miguel, o pescador), Manolo Cardona (Santiago, o fotografo) e Tatiana Astengo (Mariela, esposa de Miguel) que encantam, comovem e divertem a plateia em encenações extremamente convincentes e que cativam pela transparencia em que os sentimentos são transmitidos merecem também uma atenção a mais.

Porém o mais interessante nesta película é a influencia que o diretor tem com relevância a teledramaturgia brasileira, primeiro pois em algumas cenas e até mesmo diálogos do filme pode-se ver passando na televisão cenas da telenovela Direito de Amar e em especial a cena que mostra Lauro Corona dublado em espanhol, uma cena rápida mas muito divertida, e segundo, como declarado pelo próprio Fuentes-León, a sua maior inspiração para o roteiro foi a obra Dona Flor e Seus Dois Maridos, porém não convém contar os detalhes e o público brasileiro vai entender com clareza essa referencia, mesmo que a história não seja tão parecida.

Contracorrente já recebeu diversos prêmios nos mais importantes festivais de cinemas, entre eles o de Melhor Longa no 18º Festival Mix Brasil de Cinema da Diversidade Sexual, um dos mais importantes festivais desse segmento, além de Melhor Longa escolha do público em importantes festivais como Miami International Film Festival, San Sebastian International Film Festival e no Sundance Film Festival.

O filme chega ao país com distribuição da Festival Filmes e de acordo com a Suzy Capó, criadora do selo e também uma dos responsáveis pelo Festival Mix Brasil, "É muito gratificante trazer para o público brasileiro uma produção que retrata o novo cinema latino-americano e mostra como a nossa região tem avançado nas discussões relacionadas á diversidade sexual".

Divulgação/Festival Filmes
Este é o sexto filme distribuído pelo selo Festival Filmes que já levou a salas do país importantes filmes dentro da temática LGBT como De Repente Califórnia, O Pecado da Carne, aclamado Eu Matei Minha Mãe de Xavier Dolan, entre outros

Para este lançamento será realizada mais uma ação promocional em parceria com a boate The Week (SP e RJ). Para quem assistir ao filme nos dias 08 e 09 (sexta e sábado) em São Paulo e Rio de Janeiro terão entrada VIP na boate, é só o espectador guardar o bilhete do cinema e apresentar na portaria e aproveitar uma noitada VIP.¹

Para quem se interessou pelo filme e pela ação promocional, Contracorrente estará em exibição em SP nos cinemas Unibanco Arteplex Frei Caneca e Reserva Cultural e no Rio no Unibanco Arteplex Botafogo além de estreiar também em Belo Horizonte e Porto Alegre.²

Contracorrente é um grandioso trabalho que merece total destaque e atenção mesmo estando em cartaz em cirtuito restrito.



¹Confira o regulamento completo da promoção na portaria da The Week
²Verifique a programação dos cinemas

Comentários