Relembrando a Trilogia "Pânico"



Divulgação
Uma retrospectiva sobre a trilogia de terror que marcou uma geração
Por Paulo Costa

Em 1996 o diretor Wes Craven e o roteirista Kevin Williamson redefiniram o gênero terror ao levar para o mundo todo o filme Pânico (Scream), um filme que misturava, medo, sustos e risos de maneira única e inovadora ao contar a história de jovens de uma pacata cidadezinha que recebiam ligações aterrorizantes de uma maniaco que fazia perguntas sobre filmes de terror, seu jogo era simples: errou, morreu. Até aí nada de inovador, a não ser pelo simples fato de que todos os elementos juntos levariam a um final surpreendente desvendado em uma grande festa escolar.



Divulgação
Um ano se passou e Pânico era o filme de terror favorito de jovens no mundo todo e Craven e Williamson voltaram a unir ideias e apavorar o mundo todo novamente com Pânico 2 (Scream 2), e desta vez a trama giraria em torno de Sidney Prescott, a sobrevivente do massacre de Woodsboro, que chocou a todos e acabou virando um filme Stab (em português A Punhalada). Sidney ainda assombrada pelos acontecimentos muda-se para a cidade onde o filme baseado em sua história esta prestes a estrear, e junto com ela está Ghost Face, o terrível psicopata das ligações, e toda a história começa a se repetir. Mais uma vez surpresa para todos, pois nunca uma continuação dentro do gênero havia sido tão criativa e tão boa quanto o original.





Divulgação
Eis que em 2000, 3 anos depois de mais um sucesso estrondoso, o diretor em parceria com um novo roteirista, Ehren Kruger, surpreendem por completo os fãs da série e lançam Pânico 3 (Scream 3), o filme que faria os estudios de cinema a começarem a investir em trilogias. Porém este capítulo final seria ainda mais inovador, Sidney está cansada de fugir de seu passado e decide enfrentar os fatos de uma vez por todas, e então, mais uma vez inspirado por filmes de terror o assassino retorna, e todas a regras apresentadas por Craven nos filmes anteriores seriam quebradas, resultando em um final ainda mais surpreendente.

Pânico se tornou umas das trilogias do gênero mais elogiadas e rentaveis do cinema, acumulando mais de U$600 milhões ao redor do mundo, e criando uma legião de fieis fãs que nesta sexta-feira, 15 de abril, recebem um presentão com o lançamento de Pânico 4 (Scre4m) e o Cine&Cia. realiza um fim de semana especial!

Imagem Filmes

Comentários