Cinema: X-Men - Primeira Classe

Algumas explicações e nada mais
Por Paulo Costa

Jovens atores, mas com uma bagagem de otimos filmes, em uma produção que poderia ter sido pior (Divulgação)

Depois do ruim X-Men Origens: Wolverine (2009), parece que a Fox Films desistiu de contar a origem de alguns personagens e tentar reerguer a franquia baseada nos quadrinhos da Marvel e lança em mais de 500 salas do país, na maior parte com cópias dubladas, nesta sexta-feira, 03 de junho, o ínicio de tudo em X-Men - Primeira Classe (X-Men - First Class).

Divulgação (Fox Films)
Como o título já propõe, o longa narra o começo de todos os mutantes, quem foram os primeiros, de onde vieram, quem era Charles antes de se tornar Professor X, quem era Erik antes de virar Magneto, a trajetória e porques destes e outros mutantes como o Fera e também Mistica, que tem um foco bem relevante aqui.

O elenco manda muito bem, James McAvoy (O Procurado) consegue criar e manter toda a essência que Patrick Stewart criou para o personagem Professor X nos outros filmes da série, Michael Fassbender (Bastardos Inglórios) também consegue fazer bonito como Magneto, e sem dúvida Jennifer Lawrence (indicada ao Oscar por Inverno da Alma e do recém lançado Um Novo Despertar) cria um Mistica que ajuda a desvender o motivos por ter se aliado ao lado dos vilões e se tornar que ela é na frânquia, elogios a parte, me resta uma dúvida, Kevin Bacon está tentando se promover?

O longa tem pouco mais de 2 horas e 10 minutos de duração, o que chega a ser um pouco exaustivo, pois poderiamos ter um bom filme até mesmo mais ágil com menos tempo de duração e o ambiente, a Guerra Fria, é um assunto já um pouco ultrapassado, mas essas são falhas e que já não se pode mais corrigir, o que por sorte os efeitos conseguem segurar e tapar um pouco esse erro, mas no resultado final temos algumas cenas de ação otimas e exuberantes e claro, diversas surpresas e até mesmo umas ótimas sacadas.

James McAvoy, Jennifer Lawrence e Michael Fassbender conseguem tapar algumas falhas do longa (Divulgação)
Porém, vale ressaltar muito bem que X-Men - Primeira Classe, não é um filme feito para os fãs dos quadrinhos, mas sim para um público em geral que gosta de filmes de ação e ficção e que conhece o mínimo necessário dos personagens, pois fica bem claro que este serve para nada mais do que nos apresentar algumas explicações, mas que ainda assim não consegue esclarecer outros assuntos.

Comentários