Violência, machismo, miséria: Elena Ferrante conquista leitoras de 2019 com história de 1950 Por Vanessa França
É muito comum alguém ficar jogando por horas, mas o que torna esses jogos tão atrativos e até mesmo viciantes? Por Ivan Paz
Repleto de simbologia para discussão da psique humana, "Matrix" segue atemporal Por Fabi Toledo
Apple chega bombardeando para todos os lados na guerra dos streamings, e quem ganha com isso? Por Paulo Costa

Notícias: Gal Gadot, Chris Pine e Patty Jenkins no painel da SDCC de Mulher-Maravilha 1984


Porém ainda não sabemos como Steve Trevor voltará 


Com apenas 1 mês de produção, não havia muito o que mostrar do novo filme da Mulher Maravilha, porém Patty Jenkins, acompanhada de Chris Pine e claro de Gal Gadot, trouxeram algumas sequencias de ação em uma praça de alimentação, com bandidos armados, Diana usando seu laço e Steve Trevor (?). Ate a moderadora do painel, a atriz Aisha Tyler, questionou como Chris Pine retornará. E logicamente, a pergunta foi contornada pelos convidados. 

Jenkins afirmou que sua inspiração para os cenários do filme vem da sua própria vida:

 "Eu cresci nos anos 80 (...) Foi realmente a humanidade no seu melhor e pior. Foi grandioso e maravilhoso com boa música. Ao mesmo tempo, estávamos revelando o pior de nós. (...) O pior, incluiu o pico da Guerra Fria e um aumento na ameaça de aniquilação nuclear. Que momento interessante para refletir agora."
Quanto a importância da heroína, a diretora destaca:
"Eu sinto que ela é a gente, mais do que a maioria dos super-heróis. As pessoas se encontram na Mulher-Maravilha, em todos os gêneros, tamanhos e deficiências. Então permaneço fiel a essa visão original do criador William Moulton Marston - gentil, generosa, mas poderosa - ela é toda a gente, é com isso que me preocupo ".

Jenkins e Gadot descrevem Mulher Maravilha 1984 como um novo filme, não como uma sequencia direta do primeiro. Gadot afirmou que sabe que o primeiro longa elevou o patamar, mas que espera que o público ame este loga também. Jenkins acrescentou que podem fazer um filme totalmente novo, tão forte e único como o primeiro.


Mulher-Maravilha vai chegar aos cinemas em 1 de novembro de 2019. Também estrelam o filme, Kristen Wiig, como a vilã Mulher-Leopardo e Pedro Pascal, em um papel ainda desconhecido.

fonte THR.

Comentários