O labirinto psicológico de "Por trás dos seus olhos" Por Vanessa França
Uma série que deixa saudades até hoje do seu jeito leve de lidar com assuntos difíceis Por Lulu Ribeiro
Com a série chegando ao fim, podemos ver que a sala dos roteiristas é escura e cheia de horrores Por Pedro Soler e Lulu Ribeiro
Novo romance "O Sol Também É Uma Estrela" também aborda problemas atuais Por Estefania Goto
Realidade e fantasia se colidem para contar a história de um dos mais celebrados autores de todos os tempos Por Lulu Ribeiro

Notícias: divulgado cartaz oficial de "A Sombra do Pai"



Novo filme de Gabriela Amaral Almeida teve cartaz oficial divulgado

Após uma excelente estreia em longas-metragens com "O Animal Cordial", o novo filme da cineasta Gabriela Amaral Almeida, "A Sobra do Pai", acaba de ganhar cartaz oficial. Criado pela designer portuguesa Ana Teresa Ascenção, o pôster tem como centro o olhar enigmático da protagonista Dalva.

Com Julio Machado e Nina Medeiros, o filme conta a história de Dalva, uma menina de nove anos às voltas com o silêncio do pai, o pedreiro Jorge, que mais e mais triste após perder o melhor amigo em um acidente. A irmã de Jorge, Cristina, administrava a vida de pai e filha desde a morte da mãe da menina, há três anos. Quando Cristina deixa a casa do irmão pata se casar, Jorge e Dalva precisam enfrentar a distância que os separa.



Fã de filmes de terror, Dalva acredita ter poderes sobrenaturais e ser capaz de trazer a mãe de volta à vida. À medida que jorge se torna cada vez mais ausente, resta a garota a esperança de que sim, sua mãe há de voltar.

Misturando terror e drama, o longa aborda as consequências de inversão de papéis entre um pai e uma filha, que enfrentam uma situação de exceção, através de uma narrativa realista, mesclando o horror e a fantasia.

"A Sombra do Pai" terá sua estreia no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, um dos festivais mais antigos do Brasil, que acontecerá entre os dias 14 e 23 de setembro. Festival ao qual Gabriela voltará apresentando este trabalho, após ter sido premiada como melhor roteirista pelos curtas "A Mão que Afaga" (2011) e "Estátua!" (2014)

Para quem ainda não conhece esta promissora cineasta, fica aqui nosso pedido, não deixem de conferir "O Animal Cordial", que segue em cartaz nos cinemas.

Comentários