Resenha: Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas



Animação da DC Comics carrega no bom humor para atingir todas as faixas etárias
Por Helen Nice


Confesso que não assisti nenhum episódio da série "Jovens Titãs em Ação", lançada em 2013, e por isso fui ver o filme totalmente sem pré-conceitos e aberta a conhecer uma nova animação (para mim!) E olha...fui surpreendida para o bem!

"Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas", que chega as salas de todo o país nesta quinta-feira, 30/08, é muuuuuito legal!!!

Colorido, dinâmico, com personagens cativantes e piadas de montão, atinge diretamente a faixa etária a que se propõe. Mas não é um desenho infantil apenas, pois traz mil referências e nós adultos sacamos as piadas com "Batman Vs. Superman - A Origem da Justiça" (e a famosa piada sobre o nome das mães), tem piadas com a "Liga da Justiça" e até a Marvel não escapou, piadas com "Deadpool" e até o hilário Stan Lee em aparições "discretas", entre outras.

Foi divertido ver em uma sessão para críticos, adultos rindo como crianças! Isso dá um belo ponto positivo para a animação, pois não tem nada mais "boring" do que levar uma criança ao cinema e cochilar ao seu lado... rsrsrs

O roteiro de Aaron Horvarth e Michael Jelenic abrange todas as faixas etárias e a tradução está perfeitamente adaptada ao humor brasileiro. 

Imagem: Divulgação Warner Bros
O traço infantil e as vozes bem infantilizadas, propositalmente segundo os dubladores, nos conquistam e afloram nosso lado mais doce. Aliás, devo ressaltar que a dublagem está excelente e foi um imenso prazer conhecer as faces por trás das vozes em coletiva após a sessão. A história gira em torno da frustração dos Jovens Titãs por não terem um filme próprio - até Alfred (sim, o mordomo do Batman!!!) tem um filme - e por isso não serem considerados heróis de verdade. Aí vem a grande mensagem do filme sobre amizade e autenticidade: você não precisa mudar para ser importante! 
Divertido, super colorido, leve, trilha sonora envolvente com músicas dos anos 80 e gostoso de assistir! E as cenas pós crédito são demais!

Comentários