Resenha: PéPequeno




"PéPequeno" acerta em cheio nas mensagens, transmitindo-as de maneira sutil e divertida
Por Helen Nice

Da mesma forma que nós humanos criamos a lenda do Pé Grande - Big Foot ou Sasquatch - quando em 1951 o alpinista britânico Eric Shipton publicou uma série de fotos de pegadas humanoides tiradas na Cordilheira Gauri Sankar, Himalaia, na história de "PéPequeno" (Smallfoot) temos, no mundo dos "Pés Grandes" a crença de que em algum lugar, abaixo das nuvens, existe um ser místico com pequenos pezinhos, ou seja, nós! Só por esta ideia, o filme já é capaz de conquistar a simpatia do espectador.

Dentro da premissa citada, nos deparamos com as aventuras de Migo, um Yeti que sonha seguir os passos de seu amado pai e ser o tocador do gongo que chama a luz do sol trazida pelo grande caracol (sol!) todas as manhãs, para acordar o vilarejo para mais um dia feliz e perfeito. Profissão de suma importância, pois segundo as leis escritas nas pedras, se o gongo não for tocado o grande caracol não trará a luz.  Aliás, esta não é a única lei...toda a vida do povo Pé Grande gira em torno de leis escritas em pedras - idéias imutáveis cravadas na rocha - que não podem ser questionadas, pois só assim se tem a "felicidade". É claro que Migo e sua galera diferente - inclusive a filha do Mestre Protetor das Pedras - começam a pensar fora da caixa e questionar as leis vigentes. E esse "afrontamento" o acaba levando ao encontro de um pé pequeno.  Percy, um apresentador de um programa de TV sem muita audiência, enxerga nesta descoberta, uma chance de melhorar sua carreira, mas esta amizade que nasce entre ele e o Yeti o faz repensar seus valores também.

Muita aventura, risos, diversão e músicas, dando um baita toque sobre o "pensar diferente" e "ser você mesmo". O que não falta nesta animação fofa, produzida por Phil Lord e Christopher Miller ("Uma Aventura Lego"), são referências e lições de vida. Amizade, aceitação, diversidade, respeito ao próximo e até mesmo "aquela mentirinha inocente" que não é tão legal assim. 

Uma animação adorável com personagens carismáticos e canções gostosas - detalhe para Under Pressure numa versão hilária! A dublagem nacional (que conta com Wellington Muniz, o Ceará) está muito boa e tem tudo para agradar o público "Big e Small

Diversão garantida!  Filme já esta em cartaz no circuito nacional.

Comentários