Cinema | Alpha Filmes inaugura Cine Drive-In em Barueri
Play | "Mulan", por Paulo Costa (Resenha)
Music | Alan Parker e "The Commitments - Loucos Pela Fama", por Rodrigo Fidalgo (Resenha)
Séries | "Boca a Boca", por Jurandir Vicari (Resenha)
Literatura | Chegou ao Brasil a nova fase dos Mutantes mais famosos da Marvel
Replay | "Whisky", por Rodrigo Fidalgo (Resenha)
Play | "SCOOBY! O Filme", por Jurandir Vicari (Resenha)

Mix Brasil: "Retrato de Uma Jovem em Chamas" e outros destaques do Panorama Internacional

Vai começar um dos mais importantes festivais de cultura LGBT da América Latina

De 13 a 20 de novembro acontece em São Paulo o 27º Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade. Mesmo prejudicado com os cortes que a cultura sofreu este ano, inclusive para projetos direcionados a temática LGBT, a edição não perdeu sua força e, com uma programação repleta de cultura, diversidade e muita resistência e persistência, será uma semana intensa com exibições de longas e curtas-metragens, teatro, música, literatura, conferências e debates.

Entre os destaques desta edição está a programação de filmes do Panorama Internacional. São mais de 110 trabalhos de 26 países e que inclui nomes de peso. O longa francês "Retrato de Uma Jovem em Chamas" (Portrait de la jeune fille en feu), de Céline Sciamma. Vencedor de Melhor Roteiro e Queer Palm em Cannes (Un Certain Regard), o drama foi escolhido para ser o filme de abertura deste ano. A trama, ambientada na França de 1770, apresenta Marianne, uma jovem pintora que recebe a tarefa de pintar um retrato de Héloïse, uma jovem que acabara que deixar o convento, para seu casamento sem que ela saiba. Passando seus dias observando Héloïse e as noites pintando, Marianne se vê cada vez mais próxima de sua modelo conforme os últimos dias de liberdade dela antes do iminente casamento se veem prestes a acabar.


O reapresentante da Suécia a tentar uma vaga ao Oscar de Filme Estrangeiro também estará na programação do Mix Brasil. Em "E Então Nós Dançamos" Merab treina desde muito jovem no National Georgian Ensemble com sua parceira de dança Mary. Seu mundo vira de cabeça pra baixo de repente quando o carismático e despreocupado Irakli chega e se torna tanto seu principal rival quanto seu maior desejo. Nesse ambiente conservador Merab se encontra obrigado a se libertar e arriscar tudo. O filme Levan Akin esteve na seleção oficial da Quinzena dos Realizadores de Cannes.

Destaque para o novo trabalho de Xavier Dolan, "Matthias e Maxime". Dois melhores amigos de infância precisam se beijar para um curta estudantil. Logo, a dúvida persistente se instala, confrontando os dois homens com suas preferências, ameaçando a irmandade do seu círculo social e, por fim, mudando suas vidas. O longa fez parte da seleção oficial do Festival de Cannes.

 
Os longas, "O Príncipe", de Sebastián Muñoz, vencedor do Leão Queer no Festival de Veneza. "O Chão Sob Meus Pes", exibido em Berlim. E o ganhador do Teddy em Berlim "Breve História do Planeta Verde", também serão exibidos no Festival.

Se interessou?
Confira a programação completa, já disponível no site oficial do Mix Brasil.