Play | Filmes para assistir no Halloween
Séries | "Julie and the Phantoms", por Jurandir Vicari (Resenha)
Literatura | Chegou ao Brasil a nova fase dos Mutantes mais famosos da Marvel
Play | "Enola Holmes", por Jurandir Vicari (Resenha)
Play | "Mulan", por Paulo Costa (Resenha)
Music | Alan Parker e "The Commitments - Loucos Pela Fama", por Rodrigo Fidalgo (Resenha)

Cinema | Filmes terão suas estreias adiadas por conta do Coronavírus [Atualizado]



Produções terão suas estreias adiadas devido a surto do Coronavírus
Por Paulo Costa


O COVID-19 (nova mutação da família de vírus descoberta na década de 1960) inicialmente se espalhou em países da Ásia e se tornou nos últimos dias uma pandemia mundial atingindo diversos países da Europa, EUA, América do Sul, e já apresenta vários casos confirmados no Brasil.

A contaminação, relativamente simples, se da através de gotículas respiratórias ou contato com pessoas já infectadas, onde uma das formas de prevenção é evitar locais de aglomeração com um número relevante de pessoas, o que inclui eventos esportivos, shows, manifestações e também salas de cinema.

Por conta disso, diversos estúdios, produtores e distribuidores optaram por adiar a estreia de grandes lançamentos, visando o enorme impacto negativo que estas produções sofreriam nas bilheterias, principalmente na China, grande afetado pelo Coronavírus, e um dos maiores mercados cinematográficos do mundo. Especificamente na China, isso já aconteceu com "1917", "Mulan", "Jojo Rabbit" e "Sonic", onde 70 mil cinemas foram fechados. 
Mundialmente, o primeiro filme a ter sua nova data de estreia alterada foi "007 - Sem Tempo Para Morrer", programado para abril, o longa deve chegar as salas de cinema somente em novembro. A decisão, segundo o The Hollywood Reporter, foi tomada por Barbara Broccoli e Michael G. Wilson, da Eon Productions. A produção já havia cancelado a turnê promocional pela China, Coreia do Sul e Japão após os casos iniciais. 


Outro filme a ter sua estreia adiada foi "Um Lugar Silencioso - Parte 2" que chegaria aos cinemas na próxima semana, 19 de março. A atitude foi tomada pelo diretor e roteirista John Krasinski, que se manifestou em suas redes sociais alegando que este filme e uma experiência coletiva e que merece ser vivida por todos juntos nos cinemas. A Paramount Pictures ainda não anunciou a nova data de estreia, mas em um comunicado oficial enviado mais cedo para a imprensa declarou que:
 "A futura data de lançamento de 'Um Lugar Silencioso - Parte II' será anunciada assim que tivermos uma percepção melhor do impacto dessa pandemia no mercado de cinema global".
Um dos filmes aguardados que sofrerá grande atraso em sua estreia é "Velozes & Furiosos 9", inicialmente marcado para estrear em maio, o longa chegara aos cinemas somente em abril de 2021, conforme um comunicado na pagina oficial da franquia no Facebook:

"Para nossa família de fãs de Velozes,

Nós sentimos todo o amor e antecipação de vocês pelo próximo capítulo da nossa saga.

Por isso é especialmente difícil informar que vamos adiar a data de lançamento do filme. Ficou claro que não será possível para todos nossos fãs ao redor do mundo assistir ao filme em maio.

Estamos movendo o lançamento global para abril de 2021, com a estreia na América do Norte em 2 de abril. Nós sabemos que vocês estão desapontados por esperar um pouco mais, mas esse movimento foi feito em consideração com a segurança de todos.

Adiar vai permitir que toda nossa família global experimente o novo capítulo juntos. Nos vemos na próxima primavera.

Muito amor,

Sua Família Velozes"




[Atualização] A Walt Disney confirmou também o adiamento de duas aguardadas estreias.

O live-action de "Mulan", que estrearia no dia 26 de março, deverá chegar aos cinemas ainda este ano, mas ainda não há previsão de data.

Ja o longa "Os Novos Mutantes" parece estar amaldiçoado. O derivado da franquia "X-Men" que foi gravado em 2017 e deveria chegar aos cinemas em 2018 passou por diversos problemas de produção, vários adiamentos, e um atraso de anos, quando finalmente estrearia nas telonas agora em abril, o filme foi postergado e sem previsão de lançamento.

Por hora, a estreia de "Viúva Negra" permanece marcada para 30 de abril, mas com o andar da carruagem, poderá ser postergado logo menos.



No Brasil produtores e distribuidores também começaram a agir, até o presente momento os filmes sobre o caso Von Richthofen sofrerão atraso em sua estreia. De acordo com comunidade oficial enviado:


"A saúde e o bem-estar do público são prioritários para a Galeria Distribuidora e a Santa Rita Filmes. Por esta razão, o lançamento dos filmes "A MENINA QUE MATOU OS PAIS" e "O MENINO QUE MATOU MEUS PAIS", sobre o caso Von Richthofen, será adiado pela pandemia de Coronavírus (Covid-19), decretada pela Organização Mundial da Saúde. As empresas estão acompanhando o cenário e, até o momento, mantêm a estreia dos longas em 2020, ainda sem data definida. A Galeria Distribuidora e a Santa Rita Filmes lamentam por qualquer desconforto." 

O CINE e CIA. também lamenta os atrasos sofridos nas estreias e demonstra total preocupação em relação a pandemia do Coronavírus, suspendendo o #NaFaixa que realizaríamos na próxima semana do filme "Bloodshot". Caso haja mais datas alteradas e surgindo boas novas em relação ao surto, tentaremos reagendar a sessão.