Cinema | Alpha Filmes inaugura Cine Drive-In em Barueri
Play | "Mulan", por Paulo Costa (Resenha)
Music | Alan Parker e "The Commitments - Loucos Pela Fama", por Rodrigo Fidalgo (Resenha)
Séries | "Boca a Boca", por Jurandir Vicari (Resenha)
Literatura | Chegou ao Brasil a nova fase dos Mutantes mais famosos da Marvel
Replay | "Whisky", por Rodrigo Fidalgo (Resenha)
Play | "SCOOBY! O Filme", por Jurandir Vicari (Resenha)

Séries | "Peaky Blinders": enxergando além da ficção (Resenha | Lista)


 
Cillian Murphy encabeça um elenco estelar em uma trama viciante | Divulgação/BBC

Produção da BBC explora com inteligência pontos importantes que podemos aplicar em nossa vida profissional e pessoal

Por Juliana Peixoto | Revisão: Paulo Costa

Até agora eu não entendi como não estamos falando da série "Peaky Blinders"! Além de ser uma produção com excelentes qualidades técnicas, o que inclui uma fotografia linda e uma trilha sonora caprichada. Além de um elenco digno de produções cinematográficas: Cillian Murphy (Trilogia "O Cavaleiro das Trevas"), Tom Hardy ("Venom"), Sam Claflin (franquia "Jogos Vorazes"), Annabelle Wallis ("X-Men: Primeira Classe"), Anya Taylor-Joy ("Fragmentado"), Adrien Brody ("O Pianista"), Aiden Gillen ("Bohemian Rhapsody"), Helen McCrory ("A Invenção de Hugo Cabret") e Sam Neill ("Jurassic Park").

A produção da BBC teve sua primeira temporada lançada em 2013. Criada por Steven Knight, a trama acompanha Thomas Shelby e seus irmãos retornando a Birmingham depois de servir no exército britânico durante a Primeira Guerra Mundial. Shelby e os Peaky Blinders, a gangue na qual ele é líder, controlam a cidade de Birmingham. Mas, como as ambições de Shelby se estendem para além de Birmingham, ele planeja construir o império de negócios que criou e impedir qualquer um que atrapalhe seus planos e entre em seu caminho.
Ao assistir o primeiro episódio, você terá dois possíveis resultados: odiei, ou então, amei, vou maratonar isso agora!

Contudo, "Peaky Blinders" vai muito além do que a trama sugere, por isso, resolvi listar cinco motivos para você assistir e aplica-la em sua rotina profissional:
 
Tommy Shelby, um gangster que tem muito a nos ensinar | Divulgação/BBC

1. AUTOCONFIANÇA
O grupo de gângster na história possui uma autoconfiança tanto no sobrenome que eles tem, assim como em seu líder, Tommy, o cara que manda, desmanda e sempre dá a última palavra.

2. LIDERANÇA
Temos um conflito na questão, pois se os gangsters fossem uma empresa, seria uma empresa familiar. O filho mais velho está em um cargo de liderança, mas temos outra figura que inspira os demais e sempre tem a postura de um líder nato. Esta questão é muito trabalhada na primeira temporada e contribui no andamento da história, que mais cedo ou mais tarde resultará em algo.

3. CRIANDO ESTRATÉGIAS
Desde o início do primeiro episódio, somos apresentado ao Tommy, personagem de Cillian Murphy, que realiza uma estratégia de publicidade pura e com uma ação que mexe com a mente das pessoas. Tal estratégia de utiliza de uma ferramenta muito popular: o boca a boca. Não entrarei em detalhes para evitar spoilers, mas preste atenção na história que a ação, mesmo que criticada, vai trazer resultados dentro do negócios.

4. NEGOCIAÇÃO
Tommy sabe negociar, e isso fica mais do que explicito na trama. Ele se prepara, pensa como um jogo de xadrez, cada movimento gera um resultado, e a partir deste resultado tenta sempre estar dois ou mais passos a frente.

5. VISÃO
Estou na terceira temporada e esse ponto é uma característica marcante de Tommy, que sempre tem o seu planejamento a médio e longo prazo, para os negócios e também para sua própria vida. Ele tem garra, mas falta ética e ainda por cima é egoísta. Não mede limites para alcançar os resultados almejados. O que me faz alegar que, por mais que esse ponto e sua forma de agir não seja muito legal, com certeza você já tenha cruzado com um profissional assim.

Se esta análise de como a ficção pode influenciar em sua rotina profissional te despertou curiosidade, "Peaky Blinders" que está em seu sétima ano, pode ser maratonada na Netflix, que já disponibiliza em seu catálogo as cinco primeiras temporadas.