Play | Filmes para assistir no Halloween
Séries | "Julie and the Phantoms", por Jurandir Vicari (Resenha)
Literatura | Chegou ao Brasil a nova fase dos Mutantes mais famosos da Marvel
Play | "Enola Holmes", por Jurandir Vicari (Resenha)
Play | "Mulan", por Paulo Costa (Resenha)
Music | Alan Parker e "The Commitments - Loucos Pela Fama", por Rodrigo Fidalgo (Resenha)

Literatura | Chegou ao Brasil a nova fase dos Mutantes mais famosos da Marvel

Os "X-Men" estão de volta em uma trama grandiosa com direito a edições caprichadas

Por Jurandi Vicari Revisão: Paulo Costa



A primeira edição reúne as histórias de "House of X #1" e "Power of X#1", material que fez muito sucesso nos Estados Unidos. É surpreendente o trabalho do autor e cartunista Jonathan Hickman, ele conseguiu criar uma nova estrutura mas sem fazer as personagens perderem sua essência, porém  não quero falar muito sobre o enredo para não estragar a experiência de nenhum leitor.

Em relação a qualidade desta edição não tem o que falar de negativo, a Panini Brasil trouxe para terras tupiniquins um trabalho primoroso para agradar os fãs mais exigentes. A capa foi toda produzida em papel cartão, que dá uma linda aparência sem encarecer como edições lançadas em capa dura e o acabamento todo feito em laminação fosca com verniz, o que valoriza ainda mais o produto. Sua parte interna é inteira em papel couchê 90g e a orelha é destacável para virar um marca páginas.

Além disso, a HQ não traz só qualidade no material ou no roteiro grandioso, mas propõe uma experiência ao trazer um "cartão semente", que poderá ser plantado por quem adquirir esta edição, e posso adiantar, sem spoilers, que estas sementes tem uma profunda relação com o que vem por aí no universo dos mutantes. Só vou dar uma dica: relembre da ilha-viva Krakoa.



Outro grato presente é que apesar da possuir mais páginas que o habitual, não teve seu valor aumentado, e pode ser encontrado nas bancas e principais Comics-shop. Infelizmente no momento da publicação desse texto, a edição já tinha se esgotado no site da editora, mas ela ainda oferece um serviço de assinatura com desconto e frete grátis.

"X-Men #1", tem roteiro de Hickman, arte de Pepe Larraz e RB Silva, sendo que a versão nacional conta com a tradução de Mario Luz C. Barroso e adaptação do experiente Leo "Kitsune" Camargo e a edição cuidadosa de Mateus Ornellas.

Eu fiquei bem empolgado com essa leitura e espero que os "X-Men" voltem ao sucesso que eles tinham antes dos seus direitos serem vendidos para a Fox e terem sido meio que boicotados para valorizar outras obras da Marvel Comics que estão mais em voga por conta de filmes e séries em atualmente em produção como "Vingadores" e "Inumanos".

Recomendo muito não apenas a leitura urgentemente, mas também a experiência de poder plantar a sua própria Krakoa, o que me empolgou ainda mais.