Play | Filmes para assistir no Halloween
Séries | "Julie and the Phantoms", por Jurandir Vicari (Resenha)
Literatura | Chegou ao Brasil a nova fase dos Mutantes mais famosos da Marvel
Play | "Enola Holmes", por Jurandir Vicari (Resenha)
Play | "Mulan", por Paulo Costa (Resenha)
Music | Alan Parker e "The Commitments - Loucos Pela Fama", por Rodrigo Fidalgo (Resenha)

Music | Online e gratuito, conheça o "Mix Music"



Conheça os artistas que compõem o line-up do Mix Music 2020

Parte musical do 28ª Festival Mix Brasil, um dos mais importantes eventos de cultura dedicados à diversidade do mundo, que acontece entre 11 e 22 de novembro, apresenta nesta edição online, shows viscerais, ao vivo e gratuito, com artistas importantes da cena LGBTQIA+, no Mix Music. No dia 11/11 às 20h30, Linn da Quebrada, cantora, atriz, travesti e ativista que tem alcançado e conquistado territórios em outros países com sua performance combativa, faz o show de abertura do festival. Médica e monstra de si mesma, a artista faz uma investigação sobre sua própria corporalidade e suas potências narrativas, a partir de performances ora inspiradas no repertório de "Pajubá", ora com o processo experimental "Trava Línguas".

O cantor e compositor de pop soul, considerado uma das grandes apostas do mercado fonográfico nacional, MARTTE, se apresenta no dia 14/11 às 20h. Influenciado em sua sonoridade e composição por artistas como Tim Maia, Michael Jackson, Beyoncé e Amy Winehouse, e mesclando seus estilos musicais favoritos – R&B, pop, brasilidades e música eletrônica –, MARTTE tecia sua própria estética musical. Já Bia Ferreira, multi-instrumentista, cantora e compositora que conceitua sua arte como MMP: Música de Mulher Preta, faz seu show no dia 20/11 às 20h. Suas canções são leitura obrigatória para o vestibular da Universidade de Brasília (UnB) e estão presentes nos livros didáticos do sistema Sesi-SP.

O show de encerramento do festival, no dia 22/11 às 20h, fica por conta do cantor e compositor Jaloo. Prestes a completar 32 anos de idade, Jaloo tem a missão de dialogar com o seu tempo e de expressar as mazelas e alegrias de suas experiências. Entre o muito que mudou, entre seus dois álbuns, descobriu sua voz e o que ela representa musicalmente: "Encontrei meus agudos, antes eu era muito grave".

Confira a programação completa do Festival Mix Brasil.