"Batem à Porta", novo longa de M. Night Shyamalan ganha trailer intrigante
"Moonage Daydream" continua em cartaz nos cinemas brasileiro
"I Wanna Dance With Somebody" tem empolgante trailer divulgado
"Dark Web: Cicada 3301", suspense estreia no digital
Sandman: Das HQs para as telas de todo o mundo, por Jackie Cristina

Teatro | "A Confissão de Leontina" tem últimas apresentações em SP



Principal escritora brasileira, Lygia Fagundes Telles tem seu conto "A Confissão de Leontina" adaptado para os palcos


Após uma belíssima passagem pelos palcos em São Paulo, a peça "A Confissão de Leontina" se despede com mais duas apresentações, dia 22 e 29 de abril.

Inspirado no conto de Lygia Fagundes Telles, que nos deixou em 04 de abril de 2022 aos 98 anos, o enredo traz uma protagonista que suplica por outra chance social. Faz uma retrospectiva de sua vida, de seus momentos de felicidade, de amores, das traições, dos instantes de solidão e das desilusões.

Reconhecendo-se mais uma habitante da grande cidade, sujeita às injustiças da vida, Leontina reconstitui o seu percurso, desde os tempos de infância em que vivia numa pacata povoação – Olho d’Água. Uma infância árdua e pobre que a obrigou a trabalhar desde pequena, mas mais feliz do que os tempos que se seguiram.

Uma das grandes marcas da obra de Lygia Fagundes Telles está presente na peça, que é a sua preocupação com as questões políticas e sociais de seu país, e ouvir a dor de Leontina passa a ser metáfora da dor e da beleza de ser brasileiro. Imortal da Academia Brasileira de Letras, ganhadora do Prêmio Jabuti em 1973 e Prêmio Camões em 2005, Lygia Fagundes Telles foi indicada ao Prêmio Nobel de Literatura de 2016.

Marcio Trinchinatto protagoniza o espetáculo que busca refletir o Brasil de hoje | Divulgação | João Caldas


O diretor Kleber Montanheiro trabalha com poucos itens de cenário e adereços, porém todos se transformando e assumindo várias funções, brincando com o que "nada é o que parece realmente".

Sobre a volta do espetáculo, Marcio Trinchinatto comenta: "Foram dois anos de espera para uma nova temporada. Neste enorme período de confinamento silencioso e obscuro, vivenciamos o horror que nos mata em forma de vírus, poder e desamor. Aquilo que era uma vontade tornou-se necessidade: a obrigação de dar voz à Leontina, personagem invisível que sintetiza a ilustração do brasileiro vivendo à margem da vida. Um brasileiro que quase não é gente, mas conveniência.".

"A Confissão de Leontina" estreou no dia 11 de março no Teatro Eva Herz, em São Paulo e segue até 29 de abril, todas as sextas as 20h. Os ingressos custam R$25,00 (meia) e R$50,00 (inteira), e já estão disponíveis para compra através da plataforma Sympla.