Music | Lady Gaga lança clipe de "Hold My Hand", tema de "Top Gun: Maverick"
Play | "Guerra dos Tronos - A Casa do Dragão" ganha teaser trailer e cartazes dos personagens
News | Exposição "Castelo Rá-Tim-Bum" retorna a SP depois de 2 anos de espera!
Resenha | "Dr. Estranho no Multiverso da Loucura" ou, a ira de Feiticeira Escarlate?
Play | Conheça "58 Segundos", websérie brasileira e independente premiada internacionalmente
Cinema | Cópia restaurada em 4K de "Deus e o Diabo na Terra do Sol" será exibida no Festival de Cannes

Play | Conheça "58 Segundos", websérie brasileira e independente premiada internacionalmente

 


Realizada de forma independente e sem apoio financeiro, produção que rodou o mundo em importantes Festivais, tem como foco narrar a vida contemporânea em apenas 58 segundo


Com um iPhone na mão e uma ideia na cabeça nasceu a websérie “58 Segundos”, do cineasta JJ Erenberg. Uma antologia sobre a vida contemporânea em pequenas doses de apenas 58 segundos de duração.

Este é o desafio: contar histórias completas, com diferentes personagens, em cada episódio, em menos de um minuto. Comédia ou drama, suspense ou romance... só sabemos o que vai acontecer quando acontece, exatamente como a vida é. Buscamos despertar reflexão sobre temas atuais e relevantes como preconceito, solidão urbana, a busca por amor, estupidez humana e, claro, quarentenas. Rápido, porém profundo.

“Trazer à discussão temas sociais importantes como preconceito (homofobia, gordofobia, idadismo, preconceito racial e étnico), solidão urbana, a busca pelo amor, a desilusão amorosa, o orgulho que renega o perdão, escravidão à mídia, ansiedade social, pandemia e isolamento... sempre de forma leve, buscando atrair nosso público para uma maneira de pensar mais evoluída e engajada, sem polemizar as questões. Minha busca é pela normalização do que a sociedade patriarcal se acostumou a considerar ‘fora do padrão’.”, explica JJ Erenberg, idealizador do projeto.

Com 85 episódios já disponíveis, uma grande parte da série foi gravada remotamente durante a pandemia em 6 diferentes países (Brasil, EUA, França, Suécia, Portugal e Espanha) e em diversos estados brasileiros (SP, RJ, ES, SC, PR, RS, AM, CE). Mais de 150 artistas e profissionais da área audiovisual já participaram do projeto.

Produção rodou o mundo e marcou presença em importantes Festivais | Divulgação


Reconhecida mundialmente, “58 Segundos” foi condecorada com importantes prêmios como Flash Film no Festival de Berlim (Alemanha, 2019), melhor ator coadjuvante no Dramamedia Asia Web Awards (Coreia do Sul, 2021), melhor sketch de comédia no Seul Webfest (Coreia do Sul, 2021), entre outros. Por aqui o projeto também foi premiado em importantes festivais, entre eles o Rio Web Fest 2020, VI FBCI - Festival Brasil de Cinema Internacional 2020 e Melhor Webserie no Festcine Pedra Azul 2021. Entre 2019 e 2022, a produção marcou presença como Seleção Oficial de mais de 15 importantes festivais ao redor do mundo, entre eles o Latin American Film Institute Oscaritos 2019 (Brasil), IOWF Play-Off 2020 (Reino Unido), Apulia Web Fest 2021 (Itália), Berlin Flash Film Festival Halloween 2021 (Alemanha), Kalakari Film Festival 2022 (Índia), Chile Digital Fest 2022 (Chile) e Moscow Gold Awards 2022 (Rússia).

“Conseguir contar histórias completas, com início, meio e fim em apenas 58 segundos e, evidentemente, a falta de apoio financeiro de quem quer que seja foram algumas das dificuldades a serem superadas”, explica o cineasta que assina o roteiro e direção.

Orçada em uma média de R$200,00 por episódio, a websérie foi realizada totalmente de forma independente, sem qualquer apoio governamental ou patrocinadores, onde todo o merchandising é realizado através de permutas esporádicas, utilizando como equipamentos um aparelho iPhone 7, um iPhone 11 e um Gimbal Movi Cinema Robot e editado através do FilmicPro e do Adobe Premiere.

Todos os episódios de “58 Segundos” estão disponíveis gratuitamente no Instagram.