"Batem à Porta", novo longa de M. Night Shyamalan ganha trailer intrigante
"Moonage Daydream" continua em cartaz nos cinemas brasileiro
"I Wanna Dance With Somebody" tem empolgante trailer divulgado
"Dark Web: Cicada 3301", suspense estreia no digital
Sandman: Das HQs para as telas de todo o mundo, por Jackie Cristina

Play | Websérie "58 Segundos" destaca episódios com foco na diversidade



Produção independente ressalta a importância da inclusão de pautas e profissionais LGBTQIA+ no audiovisual nacional


Premiada e reconhecida internacionalmente, a websérie "58 Segundos" tem como foco narrar a vida contemporânea em episódios com menos de 1 minuto de duração. Cada capitulo visa contar histórias completas, trazendo para suas tramas diferentes personagens, sempre abordando os temas mais distintos possíveis.

Seja comédia ou drama, suspense ou romance...  seu idealizador JJ Erenberg ressalta a importância da inclusão de pautas LGBTQIA+ em diversos episódios já disponíveis de forma gratuita no Instagram.

"É importantíssimo que as pessoas LGBTQIA+ se identifiquem nos protagonistas e nos principais personagens no audiovisual, para que a partir do exemplo desses personagens percebam que podem e devem buscar respeito e reconhecimento por seu valor. A sociedade como um todo evolui a partir do desmonte da heteronormatividade." - comenta o cineasta e roteirista.

Contudo, muito mais do que trazer temas pertinentes para suas histórias, Erenberg também destaca o quão pertinente é a inclusão de profissionais LGBTs no audiovisual brasileiro, seja na frente ou atrás das câmeras.

"A representatividade no mercado audiovisual é de fundamental importância, para que as temáticas relevantes para a eliminação completa da homofobia em todas as suas formas sejam tratadas de forma séria e sem caricaturas ou 'achismos'", e complementa "Desde o início as temáticas LGBTQIA+ foram fundamentais para a construção do universo de '58 Segundos'. Todos os episódios que abordam o tema foram inteiramente escritos ou escritos em parceria por pessoas da comunidade, dentro do processo de cocriação que é característico da série, todos os atores e atrizes que aparecem na tela opinaram ativamente na construção do roteiro e da direção. Nossa série tem enorme orgulho de ser, desde sua concepção, um lugar de fala importante para a comunidade LGBTQIA+."

Com um total de 13 capítulos que traz em sua narrativa temas e personagens LGBTQIA+, temos em cena os mais diferentes assuntos. Da transfobia a aceitação, de expectativas românticas a términos de relacionamentos, cada segmento trabalha com muita seriedade cada uma das pautas que propõem a apresentar, mostrando com muita veracidade o cotidiano de pessoas pertencentes a esta sigla que traz tanta diversidade mas ainda carrega consigo muitos preconceitos e intolerâncias, o que não nos deixa esquecer que a realidade ainda é assustadora e que coloca o Brasil como o país que mais mata pessoas LGBTs no mundo, principalmente pessoas Trans.


ASSISTA AOS EPISODIOS:

"Sua"

Tema: expectativa romântica

Uma jovem se prepara para um encontro especial, sem saber que pode estar salvando uma vida.

Episódio gravado em São Paulo, dirigido à distância durante a pandemia.
(este episódio harmoniza com o episódio “46 horas")

Dê o play e assista!


"46 horas"

Tema: solidão, depressão

Durante a pandemia, uma jovem à beira do desespero por conta do isolamento social não vê saída... até que uma mensagem acende uma luz no fim do túnel.

Episódio gravado no Rio de Janeiro, dirigido à distância durante a pandemia.
(este episódio harmoniza com o episódio “Sua”).



"Vazio"

Tema: toxicidade

Um jovem se vê diante de uma dura realidade durante o carnaval: aquilo que buscamos não está do lado de fora.

Primeiro episódio da websérie. Gravado em São Paulo durante o Carnaval de 2019.



"Rosa"

Tema: término de relacionamento

Um coração despedaçado tenta resgatar o amor.

Episódio gravado em São Paulo. A curiosidade sobre este episódio é que a ideia, a redação do texto e a gravação se deram inteiramente no intervalo de gravação de outro episódio.
(este episódio harmoniza com o episódio “Minha”).


"Minha"

Tema: término de relacionamento, auto anulação

Uma mulher apaixonada tenta usar magia negra para cruzar um oceano e se juntar à sua amada, custe o que custar.

O episódio mais premiado da websérie. Dirigido presencialmente em São Paulo e à distância em Paris, França.
(este episódio harmoniza com o episódio “Rosa”).




"Espelho"

Tema: diversidade

Às vezes, tudo o que nos resta é refletir a beleza do outro.
Episódio que homenageia alguns de nossos principais atores/atrizes.






"Um Nano Conto de Natal"

Tema: tristeza natalina

O Natal pode ser um momento de profunda tristeza... ou não.

Um dos episódios preferidos do diretor.
(este episódio harmoniza com o episódio “Outro Nano Conto de Natal”).



"Outro Nano Conto de Natal"

Tema: timidez

Uma festa de Natal pode ser torturante para um garoto tímido, a não ser que ele decida lutar pelo que quer.

Um dos episódios mais desafiadores em termos de produção. Gravado simultaneamente com outra série, em regime de compartilhamento de elenco e equipe.
(este episódio harmoniza com o episódio “Um Nano Conto de Natal”).


"Nossa Lua"

Tema: despedidas

Uma despedida se torna menos amarga quando há uma luz de esperança.

Episódio marcado pela emoção verdadeira que envolveu as atrizes durante as gravações.



"Desculpe"

Tema: relacionamentos tóxicos
Um relacionamento encontra seu fim, expondo as marcas que foram deixadas.

Reunião histórica e icônica de duas das maiores musas das séries LGBTQIA+: Priscilla Pugliese e Priscila Buiar. Gravado no Rio de janeiro e dirigido à distância.



"É Você"
(versão nº 2)

Tema: Idadismo

Sobre a coragem de ser feliz quando um preconceito se sobrepõe a outro.

(este episódio harmoniza com o episódio “É Você" versão nº 3).
Um dos quatro episódios da série “É Você”, que trata de idadismo. O mesmo roteiro representado por diferentes configurações de atores e atrizes, destacando o preconceito sobre a diferença de idades.


É Você
(versão nº 3)

Tema: Idadismo

Sobre a coragem de ser feliz quando um preconceito se sobrepõe a outro.
(este episódio harmoniza com o episódio “É Você" versão nº 2).

Um dos quatro episódios da série “É Você”, que trata de idadismo. O mesmo roteiro representado por diferentes configurações de atores e atrizes, destacando o preconceito sobre a diferença de idades.

Dê o play e assista!


"Minha Mãe"

Tema: transfobia

Laura se recupera de um coma causado pela Covid-19 e recebe a visita de Ana. Porém Ana tem de vencer o preconceito do irmão mais velho para ver sua mãe.

Episódio gravado no Espírito Santo e dirigido à distância. A atriz que interpreta a mãe realmente se recuperava de um coma causado pela Covid-19.