Divulgada a lista de indicados ao Emmy 2022
“Trem-Bala” ganha trailer especial ao som do hit de Ana Vilela
"Ela Disse", história que impulsionou o movimento #metoo, ganha trailer
“I Wanna Dance With Somebody: A História de Whitney Houston” ganha pôster nacional
"Eu, Christiane F." retorna aos cinemas em cópia remasterizada
"Não, Não Olhe!" ganha vídeo com detalhes inéditos do longa

Cinema | Com Bárbara Paz e Leticia Colin, “A Porta ao Lado” ganha teaser e cartaz oficiais



Filme dirigido por Julia Rezende está competindo no 50º Festival de Gramado e será exibido no dia 16/08


“A Porta ao Lado”, oitavo filme de Julia Rezende (“Depois a Louca sou Eu” e “Ponte Aérea”), ganhou teaser. Produzido por Mariza Leão (“Depois a Louca Sou Eu” e “De Pernas pro Ar 3”) e Tiago Rezende, o longa-metragem participa da Mostra Competitiva do 50º Festival de Gramado e fará sua estreia em 16/08, durante a competição oficial do Festival. Além da diretora e dos produtores, estarão em Gramado os quatro protagonistas: Bárbara Paz, Túlio Starling, Dan Ferreira e Leticia Colin.

O filme encontra Mari (Leticia Colin) quando ela é atravessada pelo desejo. Desejo erótico, desejo de mudança e de ressignificações. Ela vive um casamento estável com Rafa (Dan Ferreira), com quem divide a vida, a casa, os planos e um acordo de exclusividade. Ao se aproximar de seus novos vizinhos, Isis (Bárbara Paz) e Fred (Túlio Starling), um casal que vive um relacionamento aberto, que separa sexo de amor e que decidiu não ter filhos, Mari começa a questionar o seu casamento. O encontro dos dois casais irá provocar desejos, dúvidas, inseguranças, mentiras e transformações nos quatro personagens, fazendo com que cada um reavalie suas escolhas.


A Porta Ao Lado surgiu do desejo de seguir investigando as relações afetivas. De pensar sobre os diversos acordos possíveis entre casais. De questionar o que é traição para cada pessoa”, explica a diretora Julia Rezende.

Dan concorda que o filme desperta reflexões e provocações acerca do que é a verdade e ressalta o paradoxo das distâncias em tempos de redes sociais. “O filme provoca o valor da verdade das relações que a gente escolhe ter, a importância de sermos verdadeiros com os nossos sentimentos e com os sentimentos do outro. É um filme bem provocador em um momento em que, mesmo com o avanço das redes sociais, a gente tem criado distâncias enormes, verdadeiros abismos nas relações pessoais. As relações sociais estão cada vez mais abrangentes e as pessoais cada vez mais distantes”.

Apesar de viverem um relacionamento aparentemente bem resolvido, Bárbara lembra que nunca disseram que seria fácil se relacionar: “O filme fala sobre os dois lados de um relacionamento aberto”.

Vivendo Fred na trama, Túlio Starling considera que o personagem traz uma sensibilidade que em um primeiro momento não é percebida. “O Fred leva um componente de delicadeza para essa brincadeira atrapalhada que o filme vai revelando. Mesmo sendo, à primeira vista, um pivô do desejo e do arrebatamento de Mari, aos poucos vamos percebendo na sua fluidez uma condição vulnerável e incerta sobre si mesmo”.

"A Porta ao Lado" ainda não tem data de estreia confirmada nos cinemas, mas ganhou tambem cartaz oficial: