Resenha | "Avatar: O Caminho da Agua - O medo de perder o que se ama", Por Victor Martins
"Nas Ondas da Fé" | Entrevista: Leticia Lima + Marcelo Adnet
Curiosidades | Whitney Houston e seu legado no cinema
Cinema | “Desapega!”, comédia com Gloria Pires e Maisa, ganha trailer e cartaz oficiais
Cinema | Comédia nacional, "Fervo", ganha trailer e pôster oficiais

Cinema | Terror nacional com Klara Castanho tem suas filmagens finalizadas



Dirigido pelos premiados Fernando Alonso e Nelson Botter Jr, longa é estrelado por Klara Castanho e Ângela Dippe


Terminaram as filmagens da nova produção nacional de terror e suspense "Apanhador de Almas", estrelada por Klara Castanho ("Confissões de uma Garota Excluída", "Tudo por um Popstar" e da série "Bom Dia, Verônica"), Ângela Dippe (da série "Sintonia" e a Penélope da clássica série infantil "Castelo Rá-Tim-Bum"), Jessica Córes (da série "Cidade Invisível"), Larissa Ferrara ("Todas As Razões Para Esquecer"), Priscila Sol (da série "Ninguém Tá Olhando") e a atriz e influenciadora Duda Reis.

Com direção dos premiados diretores Fernando Alonso e Nelson Botter Jr (da famosa série "Os Under-Undergrounds" e dos longas de animação "O Pergaminho Vermelho" e o inédito "Save the Tree", único representante brasileiro no Prêmio Goya), "Apanhador de Almas" também conta com o roteiro assinado pela dupla em parceria com Tarsila Araújo.

"Trata-se de um filme de terror com várias surpresas e reviravoltas, que deixarão o público preso na história até o final. Além disso o elenco está muito bem, imprimindo na tela todo o horror que o filme pede", afirmou Fernando Alonso. "Nossa ideia é desenvolver cada vez mais filmes e séries de gênero, ajudando a criar uma indústria nacional de fantasia, algo muito necessário para nosso cinema e tv serem mais plurais. É uma tendência natural", conclui Nelson Botter Jr.

Na trama, quatro garotas que se conheceram num grupo on-line de estudos de bruxaria resolvem participar de um ritual a ser realizado durante um eclipse solar total, na casa de uma famosa bruxa chamada Rea.

Após o ritual, as coisas parecem sair do controle. Elas se veem presas numa espécie de limbo dimensional, culminando na aparição de uma criatura mais velha e poderosa que o tempo: o Apanhador de Almas. Para desespero de todas, essa criatura acaba propondo uma espécie de jogo, onde apenas uma poderá sair de lá com vida.

Rodado durante os meses de novembro e dezembro na Serra da Cantareira, zona norte de São Paulo, o filme é uma produção da Iron Chest Films e atualmente está em pós-produção para seu lançamento acontecer ainda este ano para o grande público.