Play | Filmes para assistir no Halloween
Séries | "Julie and the Phantoms", por Jurandir Vicari (Resenha)
Literatura | Chegou ao Brasil a nova fase dos Mutantes mais famosos da Marvel
Play | "Enola Holmes", por Jurandir Vicari (Resenha)
Play | "Mulan", por Paulo Costa (Resenha)
Music | Alan Parker e "The Commitments - Loucos Pela Fama", por Rodrigo Fidalgo (Resenha)

Critics' Choice Awards | Netflix domina as indicações


"O Irlandês" e "Era Uma Vez em... Hollywood" lideram as indicações

A temporada de premiações está a todo vapor, e quem está rindo muito com as indicações é a Netflix. Depois de dominar as indicações no Globo de Ouro, o serviço de streaming liderou as indicações do Critics' Choice Awards, o prêmio dos críticos de Hollywood.


"O Irlandês", de Martin Scorsese, e "Era Uma Vez em... Hollywood", de Quentin Tarantino, são os longas com maior número de indicações, quinze e doze, respectivamente.

As surpresas entre os concorrentes foi ter Adam Sandler indicado por "Uncut Gens" e Eddie Murphy por "Meu Nome é Dolemite" concorrendo em Melhor Ator. Enquanto "Coringa", concorre a Melhor Filme e em outras seis categorias, incluindo o desempenho de Joaquin Phoenix.

Entre as atrizes, Lupita Nyong’o teve sua atuação reconhecida por "Nós" e concorre a Melhor Atriz. Já Scarlett Johansson, foi reconhecida em dobro e concorre em Melhor Atriz por "História de um Casamento" e Atriz Coadjuvante por "Jojo Rabbit".


Considerado outro grande termômetro para os possíveis indicados e ganhadores do Oscar, o Critics' Choice Awards tem entrega de prêmios marcada para 12 de janeiro.

Confira a lista completa dos indicados:

MELHOR FILME
Ford vs Ferrari
O Irlandês
Jojo Rabbit
Coringa
Adoráveis Mulheres
História de um Casamento
Era Uma Vez em... Hollywood
Parasita
Uncut Gems

MELHOR ATOR
Antonio Banderas, por "Dor e Glória"
Robert De Niro, por "O Irlandês"
Leonardo DiCaprio, por "Era Uma Vez em... Hollywood"
Adam Driver, por "História de um Casamento"
Eddie Murphy, por "Meu Nome é Dolemite"
Joaquin Phoenix, por "Coringa"
Adam Sandler, por "Uncut Gems"

MELHOR ATRIZ
Awkwafina, por "The Farewell"
Cynthia Erivo, por "Harriet"
Scarlett Johansson, por "História de um Casamento"
Lupita Nyong’o, por "Nós"
Saoirse Ronan, por "Adoráveis Mulheres"
Charlize Theron, por "O Escândalo"
Renée Zellweger, por "Judy: Muito Além do Arco-Íris"

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Willem Dafoe, por "O Farol"
Tom Hanks, por "Um Lindo Dia na Vizinhança"
Anthony Hopkins, por "Dois Papas"
Al Pacino, por "O Irlandês"
Joe Pesci, por "O Irlandês"
Brad Pitt, por "Era Uma Vez em... Hollywood"

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Laura Dern, por "História de um Casamento"
Scarlett Johansson, por "Jojo Rabbit"
Jennifer Lopez, por "As Golpistas"
Florence Pugh, por "Adoráveis Mulheres"
Margot Robbie, por "O Escândalo"
Zhao Shuzhen, por "The Farewell"

MELHOR JOVEM ATOR/ATRIZ
Julia Butters, por "Era Uma Vez em... Hollywood"
Roman Griffin Davis, por "Jojo Rabbit"
Noah Jupe, por "Honey Boy"
Thomasin McKenzie, por "Jojo Rabbit"
Shahadi Wright Joseph, por "Nós"
Archie Yates, por "Jojo Rabbit"

MELHOR ELENCO

O Escândalo
O Irlandês
Entre Facas e Segredos
Adoráveis Mulheres
História de um Casamento
Era Uma Vez em Hollywood
Parasita

MELHOR DIRETOR
Noah Baumbach, por "História de um Casamento"
Greta Gerwig, por "Adoráveis Mulheres"
Bong Joon Ho, por "Parasita"
Sam Mendes, por "1917"
Josh Safdie e Benny Safdie, por "Uncut Gems"
Martin Scorsese, por "O Irlandês"
Quentin Tarantino, por "Era Uma Vez em... Hollywood"

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Noah Baumbach, por "História de um Casamento"
Rian Johnson, por "Entre Facas e Segredos"
Bong Joon Ho e Han Jin Won, por "Parasita"
Quentin Tarantino, por "Era Uma Vez em... Hollywood"
Lulu Wang, por "The Farewell"

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Greta Gerwig, por "Adoráveis Mulheres"
Noah Harpster e Micah Fitzerman-Blue, por "Um Lindo Dia na Vizinhança"
Anthony McCarten, por "Dois Papas"
Todd Phillips & Scott Silver, por "Coringa"
Taika Waititi, por "Jojo Rabbit"
Steven Zaillian, por "O Irlandês"

MELHOR FOTOGRAFIA

Jarin Blaschke, por "O Farol"
Roger Deakins, por "1917"
Phedon Papamichael, por "Ford vs Ferrari"
Rodrigo Prieto, por "O Irlandês"
Robert Richardson, por "Era Uma Vez em... Hollywood"
Lawrence Sher, por "Coringa"

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
Mark Friedberg e Kris Moran, por "Coringa"
Dennis Gassner, Lee Sandales, por "1917"
Jess Gonchor e Claire Kaufman, por "Adoráveis Mulheres"
Lee Ha Jun, por "Parasita"
Barbara Ling e Nancy Haigh, por 'Era Uma Vez em... Hollywood"
Bob Shaw e Regina Graves, por "O Irlandês"
Donal Woods e Gina Cromwell, por "Downton Abbey"

MELHOR EDIÇÃO
Ronald Bronstein e Benny Safdie, por "Uncut Gems"
Andrew Buckland e Michael McCusker, por "Ford vs Ferrari"
Yang Jinmo, por "Parasita"
Fred Raskin, por "Era Uma Vez em... Hollywood"
Thelma Schoonmaker, por "O Irlandês"
Lee Smith, por "1917"

MELHOR FIGURINO
Ruth E. Carter, por "Meu Nome é Dolemite"
Julian Day, por "Rocketman"
Jacqueline Durran, por "Adoráveis Mulheres"
Arianne Phillips, por "Era Uma Vez em... Hollywood"
Sandy Powell e Christopher Peterson, por "O Irlandês"
Anna Robbins, por "Downton Abbey"

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM
O Escândalo
Meu Nome é Dolemite
O Irlandês
Coringa
Judy: Muito Além do Arco-Íris
Era Uma Vez em Hollywood
Rocketman

MELHORES EFEITOS VISUAIS
1917
Ad Astra: Rumo Às Estrelas
Os Aeronautas
Vingadores: Ultimato
Ford vs Ferrari
O Irlandês
O Rei Leão

MELHOR ANIMAÇÃO
Abominável
Frozen 2
Como Treinar o seu Dragão 3
I Lost My Body
Link Perdido
Toy Story 4

MELHOR FILME DE AÇÃO
1917
Vingadores: Ultimato
Ford vs Ferrari
John Wick 3: Parabellum
Homem-Aranha: Longe de Casa

MELHOR COMÉDIA
Fora de Série
Meu Nome é Dolemite
The Farewell
Jojo Rabbit
Entre Facas e Segredos

MELHOR FICÇÃO CIENTÍFICA OU TERROR
Ad Astra: Rumo Às Estrelas
Vingadores: Ultimato
Midsommar
Nós

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Atlantique
Les Misérables
Dor e Glória
Parasita
Retrato de uma Jovem em Chamas

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Glasgow (No Place Like Home), de "As Loucuras de Rose"
(I’m Gonna) Love Me Again, de "Rocketman"
I’m Standing With You, de "Superação: O Milagre da Fé"
Into the Unknown, de "Frozen 2"
Speechless, de "Aladdin"
Spirit, de "O Rei Leão"
Stand Up, de "Harriet"

MELHOR TRILHA SONORA
Michael Abels, por "Nós"
Alexandre Desplat, por "Adoráveis Mulheres"
Hildur Guðnadóttir, por "Coringa"
Randy Newman, por "História de um Casamento"
Thomas Newman, por "1917"
Robbie Robertson, por "O Irlandês"